Baku Baku

[Cantinho do Pirralho]: Animais comilões!

maio 14, 2016



   Um simples mas viciante jogo de puzzles lançado para a longínqua Sega Saturn, em 1996, pela própria Sega, Baku Baku foi um dos primeiros títulos da consola 32 Bits. 

   É certo que este não é um jogo que prima pela sua originalidade, uma vez que existiam diversas ofertas similares dentro do género, no entanto, Baku Baku triunfa pela sua simplicidade, banda-sonora ritmada e colorida apresentação gráfica. 

   A história de Baku Baku gira em torno de uma Princesa que não consegue tomar conta de todos os animais que possui, embora queira sempre mais e mais. Perante este cenário de catástrofe iminente, o pai da jovem, e Rei, decide criar um torneio no qual oferece ao vencedor a posição bem remunerada de tratador real. 


 No torneio participam as nossas duas personagens principais, e as únicas seleccionáveis, Gon e Polly. Para atingirem a vitória no torneio e o consequente trabalho, Gon e Polly devem derrotar, em intensos duelos de puzzle, a restante oposição. 

   O objectivo do jogo assenta, basicamente, em conseguir juntar os tipos de comida com os respectivos animais. A cana de bamboo para o panda, o osso para o cão, a banana para o macaco e a cenoura pra o coelho.Tanto a comida, como os animais vão "caindo", com a velocidade, a ir aumentando à medida que o tempo passa.

   Convém, se quisermos vencer o nosso oponente, despachar os cubos e fazer combinações rápidas de forma a não só evitar que o nosso lado do ecrã se encha, o que conduziria a um prematuro Game Over, como também para enviar "prendas" para o lado do nosso rival e, com isto, ajudar a encher o seu ecrã. 


   O jogo termina quando um dos lados alcançar o topo, sendo esse considerado o perdedor. No entanto, não se pense que Baku Baku é um mero jogo de velocidade. 

   Este título da Sega tem uma forte componente estratégica que, embora não seja necessária para se vencer, ajuda bastante. Por exemplo, se acumularmos bastantes blocos, em vez de os tentarmos enviar logo, podemos conseguir efectuar um ataque mais massivo, que em muitos casos poderá resultar numa vitória instantânea de quem o fizer. Contudo tal manobra acarreta riscos óbvios pois ao fazer tal acumulação vamos expor-nos à derrota mais facilmente à derrota, também. 

   Baku Baku não é um jogo difícil ou longo, mas é desafiante, tornando-se pela sua própria natureza um título convidativo a um replay. Esse replay value fica a dever-se ao seu modo Vs, no qual dois jogadores se podem degladiar pela vitória e pela existência de três níveis distintos de dificuldade presentes no Story Mode, que vão do Easy ao Expert


   Com gráficos que embora simples continuam a ser apelativos, Baku Baku é um daqueles exemplos em que menos é mais. Um jogo essencial para fãs do género Puzzle e da Saturn.

Escrito por: Ivo Silva
(podem ler muito mais sobre comics, jogos e demais temas geek no blog: http://culturaeartepop.blogspot.pt/)


Também podes gostar de:

0 comentários

Muito obrigada pelo comentário! Tentarei responder em breve se houver alguma questão premente. ^-^

Beijinhos,
Pirralha